domingo, 28 de agosto de 2011

15A


Fez ontem. Recebe-nos em festa todos os dias, sem reclamar ou fazer birra. Apenas quer um mimo em troca ou que brinquem com ele um bocadinho. Está mais velhinho, já só tem 1 dente, não ladra e mal vê. O pêlo agora é prateado.

Afinal ela não podia ficar sozinha...fomos buscá-la. Mas fica à porta.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Ah

...ela fica.

iupiiii



Finalmente, chegaram!
*só para lembrar as últimas, não muito longe daqui.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

É oficial


Ele trocou-me por ela. Desde que se conheceram, nunca mais se lembrou de mim. Até se esquece de me ligar...Agora é tudo ela, ela, ela e que ela é isto e tem um ecrã assim e uma potência assado e é brutal e gira e tem pinta e blá, blá, blá, que nem imaginas o quanto anda.
*sniff...vou ter que esperar uns anos até que ela apodreça, como a anterior. sniff...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Fire starter


Interrompi-te, pá. Nem deu para te saborear. Devorei meia dúzia de páginas a correr e agora tenho que esperar que as férias comecem para te resumir, ler e reler. Dizem que convertes o mau feitio de alguns. Desafio-te. Se conseguires, fico teu fã. Acabaste de passar 2 lugares à frente no banco de reserva.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

60h...




(Bem que o bunker podia ser assim)
*quero maiiiissss...

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

"Bonjour monsieur Hannon, respirez lentement sil vous plaît! Nous allons a l'Hôpital maintenant. Tout va bien, d'accord? Ajourd'hui c'est votre anniversaire. Vous êtes né de nouveau..."

*Desencravar o Francês custou. São estes minutos que justificam as horas que passamos sentados à espera que o telefone toque, acordados ou a dormir, mas prontos para a qualquer instante safar a vida de quem podia ser o meu pai ou o teu filho.

**Caros políticos que acham que enquanto esperamos por esse telefonema devemos estar a "trabalhar", venham cá ajudar a limpar a farda amarelo fluorescente que ficou suja de terra e a substituir o material que a seguir vai servir para quando o senhor se engasgar. Poderemos estar a "trabalhar" e vai ter que esperar engasgado até que cheguemos...

sábado, 6 de agosto de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

36h

Indigna-me, revolta-me, asfixia-me. Fico impotente perante a raiva despejada gratuitamente sobre quem sofre e pede clemência a quem pode ajudar. Aperta-me o coração colaborar com a energia negativa de quem se insurge macho, ao abusar do poder que não é seu. Cultivar a excelência é um mito em Portugal? O queixume e a indiferença perante a falsa impotência do comodismo apoderam-se dos que mais podem fazer a diferença - os jovens. Mais umas horas e morria...os neurónios estão inebriados, como se nota. Quero vomitar tudo isto!