sábado, 29 de dezembro de 2012

Devaneio de felicidade....surpresa

A felicidade preenche-me por dias. Por instantes, vá. Há dias que não aparece, outros que não me larga. Hoje estou feliz. A minha felicidade basal é acima do standard, acredito: não padeço de nenhuma desgraça, não tenho dívidas, tenho trabalho e uma família coesa. Estou no bunker, mas feliz. É um estado que me surpreende e acho que a todos os que por aqui passam. É um bunker limpinho, bonito, onde não se ouvem gritos nem se atiram cadeiras. Surpreende-me este bunker e nem sabia que havia bunkeres assim. Ganho uns bons dinheiros para abdicar de um sábado com outro tipo de felicidade, mas preciso deles para combater as surpresas Troikianas....e voltar a ter alguns caprichos (mmmmm....que saudades). Estes dinheiros também compram instantes de felicidade, é verdade. Bem, estou extasiada com esta felicidade tranquila de um dia de bunker passado sem bufar, sem suar, sem taquicardia. Vou começar a estar no bunker de noite. Espero que esta felicidade esteja comigo nessas horas e que me acompanhe muitos anos.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Leva-me daqui!!!!

Nunca o bater do meu coração ficou tão acelerado ao olhar para colegas bronzeados como agora. Deve ser por não fazer praia há mais de um ano ou por não pisar um paraíso há uma eternidade...a inveja consome-me e os cabelos caem-me só de olhar para eles. Aaaaaaghhhhh!!!!!!Deixo de piscar os olhos e a boca abre-se. Meto as mãos à cabeça e chamo-lhes nomes. Confesso: morro de inveja e até tenho vergonha do esverdeado que me colora a pele. Pró ano vingamo-nos e suminos 1 semaninha só nós os dois. Sim? *
(mas aí morremos por outro motivo....o coração deixa de bater com saudades da M...)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Parece que foi ontem. 6meses passaram e pouco
tempo tive para te admirar...

domingo, 2 de dezembro de 2012

Só para avisar que cá em casa já é Natal!
XS quase, quase, quase em modo...daqui a pouco volto a escrever aqui! E que se lixem mais 20min sem dormir!...

segunda-feira, 16 de julho de 2012

1,5 M

Há 1 mês e meio que o EU passou a ser o TU , a noite passou a ser dia, o NÓS deixou de ser a 2 e passou a ser a 3 e o TENHO TANTO QUE FAZER passou a ser UM DIA DESTES FAÇO ISSO...o VOU TOMAR BANHO passou a ser HOJE CONSEGUI TOMAR BANHO E MUDAR DE ROUPA, o relógio passou a servir para contar o tempo de mama e os dias da semana baralham-se ao ponto de o único que importa é o em que saio para pesar a Margarida. Para além disso, entendendo-se o ISSO a experiência mais difícil e desafiante por que já passei (mais do que qualquer curso de curandeiro ou de endireita!), juntou-se a oportunidade à preparação, e a SORTE abriu-me uma janela (depois de muitas portas fechadas na cara) e estou de malas e bagagens pronta para um novo desafio profissional. Entretanto o Extrasmall cumpriu 3 anos e a celebração não passou por aqui. A vida mudou mesmo, o descanso acabou (obrigada chefe pela dica, é mesmo verdade) e dou por encerrado este registo de desabafos e caprichos que um dia vou recordar com muito prazer. 3 anos vividos com tudo a que me permiti e com o príncipe que escolhi. Agora a princesa é que me dá os caprichos dos dias que são noites e que registo porque dizem passar num instantinho e de que aínda vou ter saudades.

terça-feira, 12 de junho de 2012

sábado, 2 de junho de 2012

XS Preguiçosa

Ando assim. Risco imensas linhas da lista de tarefas que parece interminável e...no fundo, no fundo, não faço nada o dia todo. Nada do que o povo chama de trabalho. Não trabalho. Durmo muito, como que nem uma lontra e todos os dias descubro que, por mais que tente ler, nunca saberei recebê-la, até ao dia em que ela resolver cair nos meus braços, ou melhor, no momento em que fizer o "pele a pele" comigo. (heim?! Ando a ler umas coisas....). Se calhar já nem sei ser endireita, nem para que servem o gesso ou o bisturi. Sem pena nenhuma, agora só penso em como vais ser e nas horas que vou passar entretida a olhar para ti. Só a olhar e a contar-te histórias - do príncipe e da princesa.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

36 S

Quanto menos faço, menos vontade tenho de fazer. O sono invade-me o espírito e a lista de coisas para fazer vai crescendo de dia para dia. Têm sido uns dias carregados de emoções fortes e a contagem decrescente aproxima-nos da data em que o sono profundo vai desaparecer por uns tempos. Daí esta reserva que as baterias estão a pedir...acho. Já não sou capaz de apertar uns sapatos e chinelos 2 tamanhos acima são o calçado mais fashion que uns patas de elefanta conseguem tolerar. Já vinhas cá para fora Margarida....

sábado, 5 de maio de 2012

domingo, 15 de abril de 2012

4 dias

...e estarei ao dispôr do Exmo. Sr. Júri, para ver se me dá o diploma de endireita.

sábado, 14 de abril de 2012

Desejos...


Apetecia-me dormir de barriga para baixo...

sexta-feira, 13 de abril de 2012

domingo, 8 de abril de 2012

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Apanhei-te!


Hoje encontrei a explicação de porque é que eu marro, marro, marro, decoro aqueles nomes feios todos, repito-os em voz alta e em cábulas vezes sem conta e...passada uma semana, quando vou a tentar lembrar o nome da coisa....foi-se!
Aaaaaarrrrghhhh
Mas porquê? Como conseguem aquelas pessoas que sabem estes nomes a vida toda e epónimos e classificações de trás para a frente e essas coisas assim? Eu sei o livro onde estão, a foto com o desenho e já tenho sorte!
Hoje acordei e pensei: é a Margarida! Aínda não nasceu e já é culpada pela minha falha de memória. Ela anda a reter tudo nos seus neuróniozinhos aínda em formação e quando começar a palrar....só vai dizer aqueles nomes feios todos que eu marro, marro, marro e evaporam (em vez de papá e mamã sai "Mayfield", "Swichuck", "Klein" ou "Gartland"). É isso. Está explicado. Será que ela me ajuda na oral para endireita? ;>
*Alguém me diz onde há ovinhos da Páscoa recheadas com memória?!

segunda-feira, 2 de abril de 2012

18d


DE-ZOI-TO dias e serei oficialmente endireita, se...:
- não me der uma branca e ficar de boca aberta frente ao júri
- a Margarida não se lembrar que quer conhecer o tempo de chuva e me mandar para a sala de partos mais cedo
- me deixar de frescuras de grávida (sestas e passeios e fins-de-semana com o príncipe ) e marrar a sério nos próximos dias!!

*caramba, hormonas de um raio, será que não me dão um safanãozinho e me pôem um stressezinho no umbigo?! Este estado Zen não ajuda nada ao empinanço da matéria...

segunda-feira, 26 de março de 2012


A partir do instante em que disseste que estes 10kg a mais eram 10 Kg de amor....deixei de os contar. Deixaram de importar! É mesmo amor o que está a pesar-me as pernas, a não me deixar virar na cama, a obrigar-me a dormir com 2 almofadas, a comer um gofre com chocolate sozinha, a não tolerar saltos altos...Amor, tudo amor. E que bom que é.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Marrar


6h/dia há váaaarios dias....tem que ficar alguma coisa no neuróniozito, não é?

segunda-feira, 19 de março de 2012


Esses dias em que fazes jus ao nome Príncipe e consegues recuperar a energia que as hormonas me comem. Convences-me aínda mais de porque te escolhi para pai da Margarida. Não deviam ser taaantos dias, porque o exame de endireita aproxima-se e o plano de estudo encolhe como se tivesse ído à máquina da roupa. Mas foram 2 dias e pouco que teríam sido....aaaaaaaaarrrrrrrgggg. Já passou! Obrigada pelo abraço Príncipe.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Há dias


Em que o hormona power se vai e só se recuperava com um abraço teu.

quinta-feira, 8 de março de 2012

É público


Todos já sabem que estou em guerra. Os meus 2 adversários que teimam em não desaparecer do campo de batalha são: 1º o espelho e 2º a balança.
O 1º tem a mania que é esperto e não para de me olhar. Fica ali, especado a admirar as minhas novas curvas e cada dia que passa mostra-me os refegos novos, aquelas banhas escondidas que nem preciso ver, mas que ele teima em me mostrar. O coitado nem é de aumento. Pufffft, é daqueles reles espelhos que nem moldura tem e está colados ao armário com fita adesiva dupla. Nem charme de espelho tem....enfim. Já lhe disparei umas quantas frases mortíferas e ele nada - teima em ficar, impávido e sereno no sítio do costume.
A balança é aquela amiga que durante anos, ANOS minha gente nunca me enganou, eu só lá ía dizer-lhe olá para ela não se sentir sozinha de vez em quando, quando pensava "também tenho que te usar se não estragas-te". E agora...aquela **** atraiçoou-me e cada dia que passa tem um novo número para mim. Ela não me diz nada, mas eu sei que está feliz, porque agora visito-a todos os dias até 2x de cada x (nunca acredito na primeira medição). E não há forma daquela pilha se gastar...
Estou a ficar sem munições...

terça-feira, 6 de março de 2012

Capricho impossível ...


Não olhes, MELHERE, nem olhes para estas coisas....isto é pior que a sobremesa que comeste outro dia e te deu pesadelos logo a seguir. Nem penses!Isto de viagens para o outro lado do mundo sóoooo daqui a.....sei lá, nem penses, é melhor.

segunda-feira, 5 de março de 2012

26S


*para todos o que seguem este blog na esperança de ver/rever devaneios e caprichos XS...desistam! oficialmente assumo que o assunto não passa disto e destas lamechices carregadas de caprichos de mãe que tem direito a mimos - quer voçês queiram, quer não queiram! (confesso que espero voltar a fazer essas coisas todas um dia destes, quando conseguir voltar a apertar os atacadores dos sapatos...)

sábado, 3 de março de 2012

Lamechices...


São as hormonas concerteza. Fazem-me acreditar que o cansaço é sinal de felicidade (lamechice nº1), que os glúteos aumentaram para te poder dar muito leitinho (lamechice nº2) e que mesmo com cara de bolacha, barriga empinada e umbigo de fora continuo a mulher mais linda do meu príncipe (lamechice nº3). Não são as hormonas, és mesmo tu M. Cada vez que a barriga parece uma panela cheia de pipocas a rebentar fazes-me sorrir e acreditar nestas coisas.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Devaneios caprichados


Se o bronzeado fosse proporcional ao estudo...estava agora menos verde-azulada sem aspeto de olheirenta amarelo-arroxeada. Enfim, com um ar mais douradinho, queria eu dizer. Mas aínda longe do torrado-queimado-crostas-de-quem-anda-ao-sol e não usa protetor. Nada de exageros, convém. Mas se o bronzeado fosse proporcional ao apetite, ao peso ganho na balança diariamente...xiiiiiiii...estava preta, estorricada, só se via o branco dos olhos eeeee nem dentes se víam. Pronto, isto de estudar para endireita anda a fazer mal ao meu neuróniozinho.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

domingo, 19 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

'Pró que me deu!

Dei por mim a dar conselhos desencaminhadores a uma amiga que tem o coração apertado. "Pronto! Esquece essas coisas da razão, apanha um pifo valente e faz uma loucura na vida! Pôe uma pedra sobre o assunto, vira a página, abre o teu coração de uma vez e sê feliz." Acima de tudo porque a vida passa num instante e quando damos por ela, já lá vai aquela oportunidade...
Não devia ser assim, devia morder a língua e aprender a respirar fundo, dar conselhos de freira e tentar apagar as fogueiras em vez de as atear...
Mas é mais forte que eu...
*aínda bem....;>
(estou a fazer figas, amiga)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Done


Escreve um livro, planta uma árvore, faz um filho...

domingo, 12 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

De Príncipe para Princesa...

Meu amor:
Há palavras neste mundo que ainda não conheces, outras que já ouviste e que o pai gostaria que esquecesses...

Aquela que mais tem soado na cabeça do teu "velhinho" é responsabilidade. Com ela vêm uma série de outras palavras de igual dificuldade e peso que, com o tempo, espero que compreendas e incutas dentro de ti, nomeadamente coragem, honra, honestidade e previsibilidade. Esta última tem faltado no dia a dia do pai por razões que ainda desconheço. Talvez seja trabalho a mais, já que, como o teu bisavô dizia "a cada dia que passa vendes mais a tua saúde e menos o teu trabalho". Talvez seja, ou talvez seja apenas falta de uma coisa que julgava que tinha muito: bom senso! De qualquer maneira a responsabilidade que a tua chegada acarreta é suplantada pelo amor que tenho por ti pela tua mãe, de quem quero cuidar embora saiba (não lhe digas nada) que ela não precisa da ajuda de ninguém para nada!

Espero estar à altura de ti, embora saiba que, por mais que não pareça, estou a dar o melhor de mim.

Um beijo e uma festinha na tua cara..

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

;>


Quem tem amigas, quem é? Que são cozinheiras de 1ª e trazem bolinho de chocolate a meio da noite, só para ajudar o barrigão crescer...e ver o sorriso de uma jovem mãe leitão a brilhar de orelha a orelha!?
* pecado cometido, assumido.

Tirem-me daquiiiii


O CV está a tirar-me do sério......
Levem-me para aqui, please! 30.000 vezes operar 3 ancas seguidinhas a ter que formatar cabeçalho e rodapés (esqueceram-se de incluir isto no curso de endireita...como é que posso saber estas coisas?

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Ora vamos lá conversar um bocadinho...


Amiga, sei que me abandonaste há uns meses. Deixaste-me por razões que estão explicadas e que compreendo sem te guardar rancor. Estou ciente que não me vais falar durante uns tempos. Mas uma coisa que não deixaste claro antes de partir foi se voltavas e quando o farias. Escrevo-te para te propôr um acordo: eu deixo-te ter 9 meses sabáticos que mereces, sempre te portaste com dignidade e respeito-te pelo esforço de 32 anos, já deves estar cansada e por isso concedo-te estas férias prolongadas. Dá as voltas que quiseres, se precisares de ajuda é só dizeres, mas promete-me que voltas cedo. Não me abandones de vez. Vá lá. Volta antes do verão. Preciso de ti a tempo do bikini...

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

20s


Tal e qual um leitão na engorda (já sei...depois vira vaca)! A futura endireita sem mais palavras de momento, excetuando a sensação de pipocas a rebentar no microondas que arrebata o coração e preenche a sua pelvis.
*E a roupa de grávida que é horrorosa....

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mimos


URGENTE: passar este capricho para nº1 na lista de espera.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Buuuuu


"Aprende que as únicas pessoas que fariam de tudo por ti, são aquelas que te amavam mesmo antes de tu nasceres..."
Foi preciso um susto de morte para sentir isto sem achar uma paneleirice como o fazia a.t. (= antes de ti). Perceber que já te adoro mesmo sem te conhecer e que se te perdesse morria desidratada de tanto chorar...se o meu coração não parasse entretanto. E alguma vez imaginei pensar isto? Hum? Quanto mais senti-lo ou escrevê-lo (santa mãe...um projecto de endireita a pensar assim...o mundo está perdido!). Mas é a verdade: "por ti" faz sentido.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

18 S


Hoje tens direito a um BOM. Tu e eu!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Afinal as borbulhas não emigraram...

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

2012


2012 chegou e as hormonas saltam noutra direcção! O que até agora era um bicho pavoroso (=a minha barriga), transformou-se na coisa mais fofa do mundo; o choque de ter uma criatura que mama e suja fraldas encomendada, passou a ser o meu desejo mais profundo; e as borbulhas que tomavam a minha cara de ataque abandonaram-na num instantinho. Até já acho fofinho tudo o que é cor de rosa e tem lacinhos e só me apetece falar do assunto e viver este estado de graça com quem me rodeia...
Azar! Vão ter que me ouvir!
*os livros até dizem umas coisas certas e o 2º trimestre deve ser mesmo o melhor. Até ver...